Destaque Vila Verde

Rotunda da Loureira. Prolongamento de passeios atrasa data de conclusão

Fernando Duque © FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Continua em marcha a construção mais badalada dos últimos tempos no concelho de Vila Verde, cuja data de término estava prevista para esta terça-feira, dia 15 de janeiro, conforme celebrado no contrato entre a construtora e as Infraestruturas de Portugal.

No entanto, a rotunda ao quilómetro 80,650 da Estrada Nacional (EN) 101, na freguesia da Loureira, em Vila Verde, ainda não está concluída nesta data e, diz o responsável, é provável que não fique concluída até final desta semana.

O Semanário V ouviu esta terça-feira Fernando Duque, sócio gerente da Duque & Duque, empresa responsável pela construção, que justificou o adiamento com “prolongamento de passeios”.

O empreiteiro lamenta que a obra não tenha ficado concluída no tempo previsto mas adianta que o motivo do atraso já foi comunicado à Infraestruturas de Portugal e à Câmara de Vila Verde. Duque explica que foi necessário incluir um prolongamento dos passeios em relação às medidas estipuladas inicialmente e que isso forçou a que os trabalhadores se concentrassem nesses itens. Também referiu que alguns tubos de água tiveram de ser prolongados para além da estimativa inicial.

“Até final da semana devem concluir os passeios e a rotunda, ficando a faltar a pavimentação do piso, que deverá terminar nesta ou na próxima semana”, disse Duque, sem querer apontar um prazo em definitivo. “Sim, é verdade que deveria terminar hoje mas os prolongamentos motivaram atrasos”.

O empreiteiro de Monção refere ainda que, de forma a atenuar os inconvenientes dos últimos meses aos automobilistas da EN 101, não voltou a colocar semáforos provisórios, algo que também motivou alguns atrasos.

Esta empreitada, adjudicada no valor de 139.254,32€, envolve a reformulação da atual interceção da EN 101 com a EN 205, através da construção de uma rotunda, repavimentação, aplicação de lances galgáveis e de passeio, readequação e substituição da sinalização vertical e horizontal, reformulação dos sistemas de drenagem com a construção de novos coletores, sumidouros e respetivas caixas de vista, construção de um muro com as características do existente e a reposição de serviços afetados e de reformulação da rede elétrica e de iluminação pública existente.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista