Destaque Vila Verde

Vade. Antiga escola mais perto de se tornar em centro para idosos ocuparem os dias

Escola primária de Covas, na UF do Vade, Vila Verde c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Já foi publicado o anúncio de procedimento para concurso público da empreitada que irá transformar a antiga escola primária de Covas, no norte de Vila Verde, em um centro de dia. O preço base do concurso é de 377.428,26€ e o despacho já foi publicado na segunda-feira em Diário da República.

A empreitada será um investimento do Centro Social e Paroquial de Covas com apoio da Junta da União de Freguesias do Vade e do Município de Vila Verde, e ambiciona a requalificaçao da antiga escola primária da freguesia de Covas, em Vila Verde, para se transformar num centro que presta apoio aos utentes do Centro Social de Covas.

Esta nova empreitada serve também como alargamento ao número de utentes do Centro Social de Covas, que dá autalmente apoio domiciliário a 37 idosos.

Aquando do anúncio da intenção desta empreitada, em março de 2018, Luísa Gonçalves, diretora do centro, explicou que a requalificação surge no âmbito de criar um espaço para desenvolver atividades com os idosos, sendo que atualmente aquele centro social disponibiliza apoio domiciliário aos idosos das freguesias do Vade e outras limitrófes, incluíndo Grovelas, em Ponte da Barca.

“A ideia passa por tirar os idosos de casa, porque muitas vezes estão sozinhos, isolados, e precisam deste tipo de resposta”, referiu a diretora ao Semanário V, apontando “60” como prespetiva de utentes após a requalificação da antiga escola.

A média de idades dos utentes do Centro Social de Covas é de 87 anos, sendo uma população “muito envelhecida”. Com as novas instalações, será possível criar uma área de atividades e um sítio onde possam passar o dia.

Já Carlos Cação, autarca do Vade, publicou esta terça-feira uma nota nas redes sociais manifestando “orgulho” pelo avanço do concurso público.

“Depois de lançada e primeira pedra da requalificação da Extensão de Saúde do Vade, de termos conseguido abrir um espaço de cidadão, loja do munícipe e posto dos CTT, brevemente teremos o lançamento da primeira pedra da requalificação da antiga escola primária em centro de dia em Covas”, escreve o autarca.

“Estes serviços de proximidade são fundamentais para a melhoria das condições de vida da nossa população e nós temos”, acrescenta Cação.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista