Desporto Destaque Vila Verde

Antigo craque de Benfica e Sporting “apaixonado pela comida da Gininha” em Vila Verde

Antigos futebolistas na Gininha em Coucieiro © DR
Fernando André Silva

Mendinha de vitela assada no forno, papas de sarrabulho com rojões e cozido à portuguesa foram as iguarias gastronómicas que serviram como mote para uma conversa sobre futebol à mesa do restaurante/taberna “A Gininha”, na estrada que liga Coucieiro a Caldelas, e que reuniu os antigos futebolistas Carlos Manuel, João Tomás e Paulo Jorge, durante esta tarde, em Vila Verde.

Este encontro entre craques surge no âmbito de um programa televisivo a cargo da Sport TV, onde personalidades do mundo futebolísitico se sentam à mesa enquanto contam histórias. Os três antigos futebolistas deslocaram-se à “Gininha” de Coucieiro para as gravações do mesmo programa.

Antigos futebolistas na Gininha em Coucieiro © FAS / Semanário V

O velho craque internacional Carlos Manuel, que brilhou durante o mundial do México, em 86, e representou clubes como o Benfica e o Sporting, foi claro no que toca à comida confecionada pela família Vieira, proprietários da “Gininha”. “Estou apaixonado pela comida da Gininha”, garantiu ao Semanário V, assegurando que prefere conversas sobre comida a futebol.

João Tomás, que jogou durante três épocas no SC Braga, marcando 34 golos, depois de ter representado clubes como o SL Benfica e o Bétis de Sevilha, foi quem propôs este espaço para a realização do programa, como explicou em exclusivo ao Semanário V.

O antigo goleador, que vive na cidade de Braga há 15 anos, revela que a “Gininha” é um local que conhecido desde “há muitos anos”. “É sempre este o restaurante recomendado pelos colegas aqui em Braga. Com o passar dos anos fomos conhecendo este sítios emblemáticos e digo muitas vezes que me identifico com estes sítios porque cresci em meios mais pequenos, em Oliveira do Bairro”, diz.

Relembra ainda que “a gastronomia” é ponto de atração. “Os jogadores e treinadores gostam de comer bem e isso pesa na escolha deste local, e comida aqui é muito boa e é sobretudo por isso que cá venho”, remata.

Também Paulo Jorge, antigo defesa central e capitão que representou o SC Braga durante dez temporadas, marcou presença no “Bar aberto”, que é o nome do programa televisivo, e fez questão de salientar que a “Gininha” é um dos melhores locais para a gravação do programa pelo espaço “familiar e acolhedor” e, claro, pela gastronomia.

Antigos futebolistas na Gininha em Coucieiro © Joaquim Lima

Os três estiveram à conversa durante algumas horas depois do almoço para o programa “Bar Aberto”, que será transmitido brevemente na televisão por cabo.

“Quero manter isto como um espaço pequeno mas acolhedor”

José Vieira, mais conhecido como “Zé da Gina”, é o proprietário do espaço desde 1987, depois de ter “tomado” o lugar da mãe, Virgínia Vieira, que abriu o espaço há 48 anos como mercearia.

“Já existimos há 48 anos, começou como uma mercearia pequena, foi crescendo, mas pouco, porque queremos manter isto uma casa tradicional com qualidade e onde as pessoas se sintam aqui dentro um pouco como em família”, esclarece, revelando que o nome veio da mãe, que sempre foi conhecida como “Gininha”.  “Não quero grandes espaços, vou manter como está, com algumas salinhas pequenas para ser acolhedor”, reitera.

Antigos futebolistas na Gininha em Coucieiro © FAS / Semanário V

Sobre a vinda dos futebolistas, José Vieira afirma ser “normal”. “Uns trazem os outros”, reforça, explicando que a primeira personalidade mais conhecida do mundo futebolístico foi Manuel Fernandes, antigo craque do Sporting. “Na altura era treinador do Tirsense e veio cá comer. A partir daí trouxe outros como o Eurico ou o António Simões [ex-Benfica]. Também os treinadores que passam pelo Braga costumam cá vir, como o Paulo Fonseca, o Abel Ferreira. O Jorge Simão vinha cá todos os dias”, adianta.

O segredo? “Aqui comem bem”, vinca, acrescentando que por lá já passaram outras personalidades amantes de gastronomia, como Marques Mendes ou Miguel Macedo, e até os presidentes de câmara da região do Vale do Homem.

Fundada em 1981, a taberna “Gininha” situa-se à face da Estrada Nacional 308, em Coucieiro, Vila Verde.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista