Destaque Vila Verde

Misericórdia de Vila Verde condecorou dirigentes e colaboradores com medalha de prata de mérito

© Luís Gonçalves
Redação
Escrito por Redação

A Mesa Administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde deliberou por unanimidade, em reunião ordinária do dia três de Dezembro de dois mil e dezoito,  atribuir uma Medalha de Prata a quatro irmãos, que foram dirigentes e colaboradores da instituição pela sua dedicação à causa da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde.

A entrega aconteceu no final da Missa de Natal da instituição, pelas mãos do provedor Bento Morais, e num ato presidido pelo Arcebispo Primaz Dom Jorge Ortiga. Foram quattro os condecorados pela sua dedicação e empenho.

Podia ler-se nos diplomas:

João Barbosa Gomes, pela sua “dedicação e sentido de responsabilidade” para com a Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, enquanto membro dos órgãos sociais há mais de 25 anos, tendo “contribuído, com a sua ação, para o bom nome e glória da instituição”.

António Gonçalves de Oliveira, Irmão desta Instituição há mais de 25 anos, com o nº 0305, pela sua “dedicação, verdeiro sentido de irmandade e responsabilidade para com a Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, tendo contribuído, com a sua ação, para o bem social e engrandecimento da instituição”.

José de Araújo Soares, pela sua “dedicação e sentido de responsabilidade para com a Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, enquanto membro dos órgãos sociais há mais de 25 anos, tendo contribuído, com a sua ação, para o bom nome e glória da Instituição”.

Manuel António Pinheiro Soares, “colaborador desta Instituição há mais de 25 anos, por ter sempre desempenhado as suas funções com zelo exemplar, dedicação e sentido de responsabilidade para com a Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, tendo contribuído, com a sua ação, para o engrandecimento da instituição”.

Esta condecoração pretende consagrar aqueles que com o seu trabalho se dedicaram e dedicam à causa da Misericórdia. A medalha estava timbrada com o brasão da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde de cor “nobre e sublime”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação