Destaque

Tribunais. Notária de Vieira do Minho suspeita de burla

As Finanças de Vieira do Minho contactaram cerca de 150 contribuintes para pagar impostos relativos a escrituras feitas no escritório da notária Susana Sousa, estando em causa o não pagamento ao fisco pelos contribuintes de vários concelhos do norte do país.

Já deram entrada, no tribunal de Braga, várias queixas por peculato e falsificação de documentos que visam a notária Susana Sousa, que já foi suspensa pela Ordem dos Notários devido a este processo.

Contactados pelas Finanças, alguns dos lesados já liquidaram a dívida da qual não tinham conhecimento, voltando a pagar os impostos das escrituras e juros em atraso.

Segundo o Correio da Manhã, os valores podem ascender a meio milhão de euros, tendo em conta que os casos se iniciaram em 2012 e se prolongaram até ao ano passado.

O CM adianta, ainda, que a notária afirmou ter pedido às finanças para não incomodar as pessoas, “porque assumia a responsabilidade”.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo