Braga Destaque

BE preocupado com a ocupação excessiva do espaço público em Braga

Centro de Braga © DR
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

A Comissão Coordenadora Concelhia de Braga do Bloco de Esquerda avançou, em comunicado, que existe uma enorme preocupação com a “invasão desenfreada e exagerada do espaço público no local mais procurado pelos bracarenses: as Arcadas e Avenida Central”.

A coordenadora distrital do Bloco de Esquerda, Alexandra Vieira, alertou que “a ocupação da principal sala de visitas da cidade por tendas cada vez maiores impede o usufruto do espaço público pelos munícipes e por quem visita Braga”. Acrescenta, ainda, que o centro da cidade se tornou “numa feira e numa festa permanentes, cheio de obstáculos visuais e de barreiras à circulação”.

É referido, também no comunicado enviado à redação, que o Bloco de Esquerda “condena o modo desrespeitoso como é tratado o espaço público e toda a envolvente da Praça da República e da Avenida Central, nomeadamente no que diz respeito ao património edificado e natural do local”.

O Bloco de Esquerda realça que a requalificação do antigo Parque de Exposições de Braga surgiu como uma necessidade de criar espaços ao ar livre para este tipo de eventos, no entanto, questiona as “razões que levam a concentrar no coração da cidade todo o tipo de atividade, havendo espaços criados para esse efeito”.

“Do ponto de vista urbanístico, é desejável que se criem outras centralidades. Tal como acontece noutras cidades, os habitantes podem usufruir de atividades em locais que não o centro, dando vida e dignidade a outras zonas da cidade”, sublinhou a coordenadora distrital do partido.

© DR

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista