Braga Destaque

Movimento Braga para Todos questiona Ricardo Rio sobre cratera em Gualtar

Rua interdita em Gualtar © FAS / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

O movimento político Braga para Todos quer que Ricardo Rio apresente o plano anual de manutenção preventiva das redes de saneamento e de abastecimento. Esta exigência vem na sequência do corte de uma rua em Gualtar por perigo de aluimento.

Como avançou o Semanário V em exclusivo, a rua foi cortada devido a uma cratera subterrânea com 50 metros de extensão e 4 metros de profundidade, ao pé da escola primária de Gualtar.

Braga para Todos pede, ainda, ao autarca a apresentação das medidas a tomar para evitar crateras, como a que aconteceu em Gualtar, “apresentando perigo para as crianças”. O movimento relembra que não é a primeira vez que estes incidentes acontecem e, portanto, apela ao município que mostre “transparência e o que esta a fazer para evitar tragédias maiores”.

O movimento político afirma que “lamentam” a descrição fomentada pelo edil a tentar anular o impacto da situação que consideram grave e sublinha que “é um dever da AGERE fazer a devida manutenção e evitar acidentes que podem ser graves”.

O movimento político condena a autarquia por não ter explicado aos bracarenses o que provocou a derrocada, porque os motivos podem ser díspares. “Os bracarenses têm o direito de saber o motivo, que neste momento o edil já sabe, visto que já foram engenheiros da câmara ao local, ou seja, foi degradação, ou falta de manutenção?”

O movimento quer, ainda, que seja elaborado um plano de manutenção preventiva para as redes de abastecimento e de saneamento e avança que Ricardo Rio se deve expor, “tal como a função a que se candidatou exige e mostre o mesmo através das redes sociais da câmara, ou então, que peça desculpa e se responsabilize pela falta de manutenção e consequentemente degradação”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação