Braga Cultura

Braga investe em projeto inovador para a (re)descoberta do património

© DR
Redação
Escrito por Redação

O Município de Braga é uma das entidades que integra o projeto ‘ouRoute-Citizen-Cultural Heritage’, onde um consórcio de 11 entidades de diferentes países irá envolver jovens alunos, comunidades educativas e atores locais de contextos desfavorecidos, numa viagem de (re)descoberta do património cultural intangível.

O projeto terá três anos de duração e o objetivo é apoiar a introdução de reformas políticas na área da educação e inclusão, sendo que a proposta passa por criar, a partir do meio escolar, cidadãos embaixadores do património cultural intangível.

O orçamento global do projeto é de 613.448€, financiado a 80%. Desta forma, o investimento total do Município de Braga é de 30.859€.

O projeto ouRoute inclui três níveis de intervenção e, com este programa, pretende-se difundir o desenvolvimento e apropriação da identidade cultural por parte dos cidadãos mais jovens, reforçar a autonomia na utilização futura das metodologias e recursos e, por fim, fortalecer a sustentabilidade do projeto.

Além disso, o projeto permitirá, ainda, o uso de uma metodologia construtivista, liderada pelos alunos e em colaboração com os atores das comunidades e atores educativos e locais. Acrescenta, também, um conjunto de ferramentas para as escolas e professores sobre a (re)descoberta do património cultural intangível, um conjunto de recursos audiovisuais criados pelos alunos, um espaço online mantido pelos alunos e uma competição internacional que premeia o esforço e dedicação dos alunos.

Além do Município de Braga, o projeto contou com parcerias como a Casa do Professor, o INOVA+ e outras entidades de Portugal, Itália, Espanha e Polónia.

 

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação