Região

Grupo Amar Terra Verde assina acordo para estágios com idosos

Redação
Escrito por Redação

A assinatura de acordos de cooperação entre o Grupo Amar Terra Verde e a residência sénior Casa da Cerca (Lar de idosos e Unidade de Cuidados Continuados), traduze-se na receção de alunos do ISAVE como estagiários e na porta aberta à investigação científica na área da Gerontologia.

O protocolo entre a Casa da Cerca e o ISAVE contribui para a “formação de qualidade no domínio da saúde, através do estreitar de laços entre as duas entidades, nomeadamente no que diz respeito, à troca de experiências, ações de formação e capacitação, bem como na possibilidade de realização de estágios”, explicou Mafalda Duarte, presidente do ISAVE.

Mafalda Duarte apresentou, também, os cursos do ISAVE que podem enriquecer a Casa da Cerca neste protocolo que beneficia o ISAVE e os seus estudantes que terão a oportunidade de realizar estágios e investigação naquele local, através do Centro de Interdisciplinar de Ciências da Saúde (CICS).

O presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho, confessou a vontade de ter um polo do Instituto Superior de Saúde (ISAVE) naquele concelho, com o objetivo de enriquecer os recursos humanos e a prestação de cuidados às populações idosas.

Ainda durante a sessão de assinatura de protocolos, o autarca sublinhou a importância das futuras relações de cooperação entre a Casa da Cerca e a Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) e o ISAVE.

Além disso, o Centro Qualifica da Escola Profissional Terra Verde, vai permitir à Casa da Cerca usufruir de um processo de reconhecimento, validação e certificação de competências profissionais ou de certificação escolar.

O presidente do Grupo Amar Terra Verde, João Luís Nogueira, destacou o trabalho do Centro Qualifica, ao longo de dez anos, para elevar a qualificação dos trabalhadores em processo de reconhecimento e certificação de competências escolares e profissionais. Realçou, ainda, a importância de “combater o insucesso com todos os meios e forças neste trabalho em rede com Municípios e IPSS’s”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação