Braga Destaque

Canceladas mais de 60 cirurgias no Hospital de Braga devido à greve dos enfermeiros

Fachada do Serviço de Urgências do Hospital de Braga / DR
Redação
Escrito por Redação

A greve dos enfermeiros nos blocos cirúrgicos que começou hoje conta com uma adesão de 97% no Hospital de Braga, tendo esta manhã sido canceladas 36 cirurgias.

Segundo avançou a agência Lusa, uma fonte do Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) afirmou que da parte da tarde “o número de cirurgias canceladas será aproximado das 30, também”, atingindo, assim um valor superior a 60 cirurgias canceladas durante esta quinta-feira. Para o dia de hoje estavam programadas, nesta unidade hospitalar, cerca de 90 cirurgias.

O protesto, convocado pela Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) e o Sindepor, teve início às 08h00 e estende-se até fevereiro.

O Sindepor lançou, ainda, um pré-aviso para alargar a greve ao Centro Hospitalar de Coimbra, de Lisboa Norte e de Setúbal, entre 8 e 28 de fevereiro.

Segundo os presidentes da ASPE e do Sindepor, os principais pontos que separam o Governo e os sindicatos e que não permitiram consenso nas negociações são o descongelamento das progressões na carreira e o aumento do salário base dos enfermeiros.

A greve estende-se por sete centros hospitalares: São João e Centro Hospitalar do Porto, Centro de Entre Douro e Vouga, Gaia/Espinho, Tondela/Viseu, Braga e Garcia de Orta.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação