Vila Verde

ASAE apreende 1.750 litros de “Mequila”, a versão portuguesa da Tequila

Fernando André Silva

Em nome da defesa do consumidor e também dos direitos de propriedade das marcas, a ASAE apreendeu 1.750 litros de bebida espirituosa por uso abusivo da denominação bastante similar a “Tequila”.

Esta operação de fiscalização surge na sequência de uma denúncia apresentada pelo Conselho Regulador da Tequila (TRC), que apontava a existência de uma violação “grave” contra a Appellation of Origin Tequila (AOT).

São usadas informações falsas, evocação e semelhança com TEQUILA, sem qualquer autorização a fim de “enganar os consumidores, danificando a reputação da Tequila”, diz a ASAE em comunicado.

“Foi detetado em Portugal a comercialização sob o nome “Mequila Mariachi” de uma bebida espirituosa que claramente faz uma evocação da AOT através do uso da palavra “mequila” e das imagens presentes no respetivo rótulo”, explica a mesma autoridade.

Como resultado da ação de fiscalização, foi fiscalizado o embalador da bebida espirituosa, onde foram apreendidos 1.750 litros de bebida e 28.750 rótulos de garrafas, tendo sido instaurado o respetivo processo crime, por uso abusivo da menção Denominação de Origem Tequila. O valor total da apreensão ascende a mais de € 12.500.

A ASAE continuará a desenvolver as ações com objetivo de retirar todo o produto colocado mercado, em defesa do consumidor.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista