Opinião

Opinião. Serendipidade

Rui Pinheiro
Escrito por Rui Pinheiro

Horace Walpole. É este o nome do escritor a quem é atribuída a fama da palavra serendipidade (serendipity). Na verdade o autor londrino inspirou-se no conto “Os Três Príncipes de Serendip”, uma história que relata as aventuras de três príncipes dotados de um dom que lhes permitia fazer várias descobertas (boas) por acidente.

Embora a versão seja duvidosa, diz a lenda que Isaac Newton descansava debaixo de uma árvore e levou com uma maçã na cabeça. É precisamente nesse momento que ele acaba por perceber a lei da atração universal (que a força gravitacional que se exerce entre dois corpos celestes é inversamente proporcional ao quadrado da distância que os separa). Mas controvérsias científicas à parte, poderá a descoberta de Newton ter sido vítima de um agradável acaso?

Geralmente, as pessoas tendem a confundir o significado de ‘serendipidade’ com o do termo ‘sorte’, ou seja: com a oportunidade ou com a ocorrência de um acidente feliz. Mas é uma definição errada.

Não seria bom se todos nós tivéssemos a sorte de descobrir coisas boas sem estar à procura delas?

Na verdade, acredito que todas as descobertas (sejam elas inovações científicas ou não) não aconteceram por sorte. Aconteceram porque porque nessa altura as pessoas estavam preparadas, mais atentas, mais criativas e mais predispostas a ver mais além.

Por vezes achamos que a sorte favorece apenas algumas pessoas, ora, toda a gente tem aquele amigo que está sempre no lugar certo na hora certa. Será assim mesmo? Não terão essas pessoas uma atitude diferente, uma mente mais aberta e uma forma mais arrojada de encarar a vida?

A ‘falta de sorte’ não será apenas uma desculpa? Uma tentativa de justificar uma atitude mais fechada e estática perante a vida?
Embora não seja fã de frases motivacionais, ouvi uma que conclui de forma perfeita este artigo: “quando faltar sorte, faz sobrar atitude, o azar morre de medo de pessoas determinadas”. E afinal, eu sempre ouvi dizer que a sorte dá muito, mas muito trabalho.

Rui Pinheiro | Blogger “O empreendedor bracarense”

Comentários

Acerca do autor

Rui Pinheiro

Rui Pinheiro

Blogger “O empreendedor bracarense”

Deixar um comentário