Destaque País Região

PS, PSD e CDS rejeitam proposta para abolição das portagens na A28

Redação
Escrito por Redação

Decorreu hoje, na Assembleia da República, a votação do projeto do PCP, que visava a revogação das portagens nas autoestradas ex-SCUT, nomeadamente na A28. O projeto recebeu o voto contra do PS e a abstenção do PSD e do CDS.

O PCP considera que “em vez de um avanço para o tecido económico e para a população em geral”, a votação em Assembleia da República prolonga “no tempo um atraso estrutural desta região”.

Recorde-se que os deputados do PCP eleitos pelo Porto exigiram o fim das portagens nas autoestradas A28, apresentando um projeto de resolução que defendia a abolição da cobrança de taxas de portagens em toda a extensão da autoestrada do Norte Litoral, que liga Viana do Castelo ao Porto e que, no distrito de Braga atravessa o concelho de Esposende.

Desde 2010 que as chamadas autoestradas SCUT passaram a ter portagens pagas pelos condutores e, desde o início, o PCP mostrou-se contra esta medida que afetou negativamente “todo o tecido económico de Esposende”.

Em comunicado, admitem, ainda, que não é novidade esta decisão do “PS, PSD e CDS juntaram-se, uma vez mais, para prejudicar as populações mais desfavorecidas”

O partido sublinha, ainda, que se trata de “uma região que passa por algumas dificuldades económicas e que, com a continuação desta barreira à mobilidade das populações, vê mais uma vez adiada a resolução de um dos seus problemas”.

A DORB do PCP reafirma o seu compromisso com a população do distrito, sendo que “apoiará a sua luta e insistirá as vezes que forem necessárias para que esta justa medida seja aprovada”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação