Região

Ponte de Lima destaca empresas com Prémio Empreendedorismo e Desenvolvimento Rural

© DR
Redação
Escrito por Redação

Destinado a entidades públicas ou privadas com sede social ou com desenvolvimento no concelho de Ponte de Lima, este prémio é um projeto que lança o desafio ao meio empresarial e a todos aqueles que se sintam capazes de apresentar um projeto estruturante e que garanta a sustentabilidade ambiental, económica e social do concelho.

Na sua edição de 2018, o Prémio Empreendedorismo e Desenvolvimento Rural, distinguiu  as empresas “Etnoglamour – Natureza Gourmet”, “Brutos no Lima”, e “Dog Institute – Ponte de Lima”.

Foi lançado em 2011 pelo Município de Ponte de Lima e vem incentivando à emergência de novas ideias de negócio, projetos de investimento e de atitudes empreendedoras.

O projeto reconhece um conjunto de três iniciativas com prémios monetários, sendo que ao projeto vencedor é concedido um valor monetário de 1.500€, e a oferta de um espaço a título gratuito durante um ano em eventos deste setor promovidos pelo Município de Ponte de Lima.

O segundo lugar é premiado com 800€ e tem, também, direito a um espaço a título gratuito durante um ano, sendo a 3ª posição premiada com um valor monetário de 500€. A todos os concorrentes é atribuído um Certificado de Participação.

O Júri atribuiu o título de projeto vencedor à iniciativa “Etnoglamour – Natureza Gourmet”. A empresa foca-se na produção em modo biológico de cogumelos Shitake e na transformação de cogumelos em derivados.

O segundo lugar foi atribuído ao projeto “Brutos no Lima”, cujo mote é a produção de chocolates, doces, compotas e marmelada, de forma artesanal, com inspiração na Lenda do Rio Lima.

Já “Dog Institute – Ponte de Lima” conquistou a 3º posição do Prémio, com o seu serviço para animais de estimação, direcionado ao treino de cães com vista ao seu bem-estar e à sua socialização em espaços públicos.

O Município de Ponte de Lima procura desta forma continuar a apoiar projetos inovadores e geradores de emprego, que contribuam para a concretização do reforço da identidade e imagem do concelho, bem como para a valorização de produtos e recursos genuinamente locais ou regionais.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação