Destaque Vila Verde

Ministro manda avançar maior obra de sempre em Cabanelas

Luís Ribeiro / Semanário V
Fernando André Silva

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, esteve esta terça-feira, dia 19, em Vila Verde, para apresentar a consignação do contrato da empreitada de construção da rede de rega do novo regadio Sabariz/Cabanelas.

Este apoio para a agricultura local está integrado no Programa Nacional de Regadios, sendo o único do género a construir na região do Minho e que ronda um investimento total de oito milhões de euros.

Para além da construção da estação elevatória que vai gerir o regadio, a rede de rega, vai ter uma extensão de 21 quilómetros e respetivos órgãos de proteção, comando e sistema de automação e controlo.

Segundo o ministro da Agricultura, “trata-se de recuperar estruturas que se encontram degradadas, nas quais não foi feito qualquer investimento de melhoria ao longo de décadas e nas quais importa investir, para aproveitar todo o potencial” da região e dos recursos hídricos disponíveis.

Capoulas Santos indicou ainda que “nestes três anos de Governo, aqui em Vila Verde, foram distribuídos cerca de 13 milhões de euros para os cerca de 1574 agricultores em termos de apoios financeiros”. “Esses apoios já foram pagos nos últimos três anos, em cerca de 13 milhões de euros, e estão aprovados 112 projetos que corresponde a outro apoio de 13,2 milhões de euros para os próximos anos. No distrito de Braga, em três anos, foram apoiados cerca de 150 milhões de euros”, atira.

Também António Esquível, presidente da Junta de Cabanelas, evidenciou o investimento avultado do Governo na freguesia de Cabanelas, apontando-a como tardia. Deixou ainda agradecimento a este Governo por, ao fim de quase 50 anos, ter sido o único a apostar na requalificação do antigo regadio.

Já de acordo com Fernando Xavier, presidente da Junta de Agricultores de Cabanelas, este é um momento marcante para a região e para os agricultores que “veem assim cumpridos os objetivos de uma luta já antiga”. O responsável pelos agricultores adianta ainda que este investimento, único no Norte do país, permitirá desenvolver ainda mais a agricultura na região.

Fotos: Luís Ribeiro / Semanário V

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista