Braga

90 alunos das Escolas de Braga participam no Concurso Nacional de Leitura

© Sérgio Freitas
Redação
Escrito por Redação

A fase municipal da 13ª edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL) acontece nos próximos dias 21 e 22 de fevereiro, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, responsável pela sua organização, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares e os Agrupamentos de Escolas.

O objetivo principal do Concurso Nacional de Leitura, que se desenvolve em quatro fases, é estimular hábitos de leitura e pôr à prova competências de expressão escrita e oral nas crianças e jovens do concelho de Braga.

Nesta fase municipal estão envolvidos 90 alunos de todos os ciclos de ensino do concelho apurados na 1ª fase do concurso, na fase escolar.

Todos os Agrupamentos de Escola participam, incluindo o Conservatório de Música da Gulbenkian, o Externato Infante D. Henrique e os colégios D. Pedro V e João Paulo II. Serão, então, apurados quatro finalistas de cada ciclo de ensino, num total de dezasseis alunos, que irão representar Braga na Fase Intermunicipal (CIM) em Barcelos.

Braga será o Município anfitrião da fase final do Concurso de Leitura que vai trazer alunos de todo o país à cidade dos arcebispos. O Município tem incrementado o seu apoio à rede de bibliotecas concelhia, tendo atribuído doze mil euros à respectiva rede, no ano transato, com o intento de potenciar as valências e o papel preponderante que o espaço biblioteca desempenha na escola.

Segundo a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, “o Concurso Nacional de Leitura tem-se mostrado integrador de múltiplas literacias, desempenhando um papel cada vez mais decisivo de capacitação das crianças e dos jovens”. Acrescentou que “é de salutar o contributo assaz importante do concurso para o desenvolvimento de capacidades de leitura expressiva e de argumentação dos alunos concorrentes. É com júbilo que Braga vê 90 dos seus alunos a representar o Concelho”.

As obras a concurso selecionadas pelo júri na fase municipal são da autoria de Sophia de Mello Breyner Andresen. Trata-se de uma homenagem à escritora no ano em que se comemora o centenário do seu nascimento.

 

© Sérgio Freitas

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação