Destaque Vila Verde

José Morais (PS) agradece ao Governo por tirar da gaveta obra em Cabanelas

José Morais, vereador eleito pelo Partido Socialista na Câmara de Vila Verde, veio a público agradecer ao Governo por dar início à construção do projeto Regadio Sabariz/Cabanelas, em investimento de cerca de oito milhões de euros suportados por fundos nacionais.

Em comunicado de imprensa, o líder do PS/Vila Verde manifesta “publicamente o agradecimento a todos os que ajudaram a tornar o dia de hoje [ontem] uma realidade”, destacando ainda “o trabalho e o empenho do deputado Joaquim Barreto”, coordenador dos socialistas no distrito de Braga.

José Morais recorda que esta obra “estava na gaveta há vários anos, passando por vários governos, e que agora acaba de ver a luz do dia”, salientando que “durante a campanha para eleições legislativas de 2015 e autárquicas de 2017 dissemos que o regadio seria uma realidade e que não descansaríamos enquanto não se concretizasse”.

“Na altura ouvimos os nossos adversário políticos dizerem que o que afirmávamos não passava de uma promessa eleitoral, acusando-nos de que apenas queríamos iludir o povo”, diz José Morais, acrescentando que “hoje, a exemplo de outra obras, prova-se que afinal o regadio é uma realidade e não uma promessa”.

“O importante é ter projetos, acreditar neles e depois lutar para que se concretizem”, refere o vereador.

“É fundamental mudar a postura comodista desta gestão camarária. Não é possível trazer projetos para o concelho de Vila Verde ficando fechado no gabinete camarário ou organizando festas que servem unicamente para promoção pessoal, desperdiçando dinheiro perante tantas carências no concelho”, atira o líder socialista, apontando que “para se obterem resultados tem que se sair da zona de conforto, falar com os governantes, lutar e trabalhar para que a nossa terra esteja sempre nas prioridades governativas, seja qual for a cor política do Governo”.

“Pela minha parte, continuarei a ir as vezes necessárias a Lisboa, ou onde for preciso, para lutar por grandes ou pequenos investimentos na nossa terra”, salienta.

Morais refere que esta vitória é para todos os habitantes de Vila Verde, em particular para os agricultores, que “durante muitos e muitos anos não desistiram deste projeto”. “Ainda bem que encontramos no atual Governo o parceiro certo e que teve a sensibilidade para a resolução de um problema que se arrastava há muitos anos”, diz, recordando o slogan do Primeiro-Ministro: “Palavra dada é palavra honrada”.

“A zona sul do concelho tem grande tradição agrícola e com condições naturais propícias ao seu desenvolvimento. No entanto, com o difícil acesso à água foram muitos aqueles que abandonaram a agricultura por não estarem reunidas condições para a sua prática. Com esta obra, com o Regadio, a agricultura ganhará um novo impulso na região, haverá dinamização económica, seguramente mais empregos e prover-se-á a fixação de pessoas. É um projeto que se encaixa na visão que temos para o Concelho de Vila Verde, visão essa que tem sido defendida pelos eleitos do PS ao longo de vários anos e que agora deu frutos”, diz ainda o vereador, salientando que “há muito trabalho pela frente e nós, continuaremos incansavelmente a trabalhar pela nossa terra”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação