Braga Cultura

Orquestra de Braga inspirada na Família Real atuou na Igreja de São Vicente

Foto: Nuno Queirós
Redação
Escrito por Redação

A Orquestra Príncipe da Beira (OPB), fundada pelo maestro Paulo Arruda, e orquestra de “serviço” à casa real portuguesa encantou com um concerto na noite deste sábado,, na Igreja de S. Vicente, na cidade de Braga, em formato “ensemble”, com violinos, viola de arco e piano.

A OPB, que deu o primeiro concerto a 3 de junho de 2017, é uma homenagem ao princípe Dom Afonso Santa Maria, filho do conhecido Duque de Bragança, D. Duarte Pio e é também a orquestra que, sempre que exista convite, atua nas cerimónias “reais” em Portugal.

Foto: Nuno Queirós

O concerto, de mote, “Braga, a Cidade do Som com os Sons da Cidade” teve direito a abertura por parte de um representante da Casa Real. Atuaram Marline Apolinário Gonçalves [Soprano], David Moreira [Tenor], Bruna Abreu [violino], Paulo Arruda [violino], Andreia Peixoto [Viola d’Arco] e António Magalhães [piano]. Como nota de curiosidade, a Igreja de São Vicente foi onde a soprano Marline Apolinário fez a sua catequese e crisma.

Este evento teve o apoio da Câmara de Braga e das Juntas de São Víctor, São Vicente, São José de São Lázaro e São João de Souto e União de Maximinos, Sé e Cividade.

*Notícia atualizada com acrescento da junta de S. Vicente nas entidades que apoiaram o concerto

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação