Braga

Braga. Executivo visitou novo centro de operações da Rangel em Celeirós

Visita do executivo à Rangel (c) Sérgio Freitas
Redação
Escrito por Redação

O executivo municipal da Câmara de Braga visitou esta terça-feira o novo centro de operações da empresa de logística “Rangel”, situada no Mercado Abastecedor de Braga, em Celeirós.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga, “esta é uma organização logística de que Braga carecia. A criação deste projeto reflecte a dinâmica industrial e exportadora da cidade que já precisava de uma organização logística como esta que a Rangel está a instalar”.

Visita do executivo à Rangel (c) Sérgio Freitas

Este é um investimento de 8,5 milhões de euros, que nasceu para servir a Bosch e que possibilita a criação de 60 postos de trabalho.

Ricardo Rio refere ainda que o Mercado Abastecedor de Braga “tem assumido um papel muito importante na dinâmica de funcionamento da economia do concelho”.

Construído de raiz e com cerca de 6.500 metros quadrados, o centro de operações de logística industrial estima armazenar, por ano, 11.300 paletes, 11 milhões de caixas e 7.300 camiões de 25 toneladas. A plataforma logística irá recepcionar as matérias-primas necessárias para a laboração da fábrica da Bosch de Braga e recolher também os produtos acabados da empresa, para dali seguirem rumo aos clientes.

A Rangel Logistics Solutions espera que dentro de dois ou três anos a plataforma de Braga já esteja totalmente tomada pela operação da Bosch. Com 1.500 colaboradores diretos, a Rangel registou, em 2017, um volume de facturação de 170 milhões de euros, com 263 mil metros quadrados de área logística

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação