Braga

Distrito de Braga foi o que registou mais mortes na estrada desde o início do ano

Acidente em Prado © FAS / Semanário V
Redação
Escrito por Redação

O distrito de Braga registou doze vítimas mortais na sequência de despistes, acidentes e atropelamentos rodoviários, entre o período de 1 de janeiro até 28 de fevereiro, avança a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR). Segundo os mesmos dados, foi neste distrito onde se registou o maior número de óbitos na estrada a nível nacional.

Foram registadas 83 mortes nas estradas em todo o país. Depois de Braga, com doze vítimas mortais, seguem-se os distritos do Porto (nove), Santarém (oito) e Leiria e Évora (sete).

De acordo com os dados da ANSR, o número de acidentes também aumentou ligeiramente este ano, registando-se, entre 1 de janeiro e 28 de fevereiro, 20.322 desastres a nível nacional, mais 185 do que em igual período do ano passado, quando se registaram 20.137.

Também os feridos graves aumentaram até 28 de fevereiro, tendo sofrido ferimentos graves 283 pessoas, mais 36 do que no mesmo período de 2018.

Por sua vez, registaram-se menos mortos até 28 de fevereiro nos distritos de Bragança, Viana do Castelo e Vila Real, com um morto em cada um.

Os acidentes rodoviários provocaram ainda este ano 5.991 feridos ligeiros, contra os 5.987 do mesmo período de 2018.

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas mortais cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

*com Lusa

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação