Braga Destaque

Centenas marcham nas ruas de Braga contra a Violência Doméstica

Redação
Escrito por Redação

Mais de uma centena de homens e mulheres marcham durante esta tarde no centro da cidade de Braga pela luta e defesa dos direitos das mulheres, em iniciativa organizada pela “Rede 8 de Março”.

Esta “maré feminista” arrancou da Av. Central e percorreu ruas históricas da cidade de Braga, com cartazes e vozes de protesto contra as várias mortes de mulheres que têm ocorrido ao longo dos últimos dias.

Para além de Braga, também Albufeira, Aveiro, Coimbra, Lisboa, Porto, Viseu, Vila Real, Évora, Covilhã e São Miguel, nos Açores, aderiram a esta iniciativa, que encheu de mulheres as ruas daquelas cidades.

Andrea Peniche, membro da organização, disse à Agência Lusa que “é na rua que podem fazer uma demonstração de força da importância da agenda feminista”.

“As coisas vão começar a mudar e o facto de os problemas das mulheres serem questões de debate nacional é o princípio para acabar com as várias discriminações de que são alvo”, garantiu a organização.

Esta greve conta com o apoio de vários sindicatos nacionais, entre eles os do Ensino Superior, dos trabalhadores da saúde ou dos professores, que incentivaram a adesão à greve a quem tenha uma profissão abrangida por qualquer um destes patronatos, no entanto, qualquer um pode participar.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação