Destaque Vila Verde

Vila Verde. Tentaram assaltar escritório de advogado mas não levaram nada

Edifício sede do escritório de advogados de Martinho Gonçalves (c) Semanário V
Fernando André Silva

A GNR está a investigar uma tentativa de furto a um escritório de advogados situado no centro de Vila Verde, ocorrido durante a madrugada da passada segunda-feira. Este caso foi anterior à tentativa de assalto, nos mesmos moldes, que ocorreu já esta madrugada, na mesma rua, à sede dos escritórios das Construções Vilaverdense.

Segundo apurou o Semanário V, o escritório do advogado Martinho Gonçalves, elemento da Assembleia Municipal de Vila Verde, eleito pelo Partido Socialista, foi alvo de tentativa de arrombamento, pouco passava das 00 horas da passada segunda-feira, mas os larápios não chegaram a entrar no edifício.

Edifício sede do escritório de advogados de Martinho Gonçalves (c) Semanário V

Ao V, o advogado conta que encontrou a fechadura “forçada” e uma parte da porta, em madeira, partida. “Uma vizinha ouviu barulho e espreitou mas depois deixou de haver barulho e possivelmente terão ido embora”, explica Martinho Gonçalves.

“Encontrei o canhão da fechadura danificado, possivelmente com um pé de cabra”, acrescenta o advogado, que não percebe se os ladrões “se assustaram ou simplesmente não conseguiram entrar”. “Não me faltava nada no escritório”, garantiu.

O advogado já formalizou a queixa no Posto Territorial de Vila Verde da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Recorde-se que também na madrugada desta terça-feira, uma situação idêntica deu-se em um edifício situado na mesma rua, pertencente às Construções Vilaverdense. Neste caso, os suspeitos entraram no escritório e remexeram em vários objetos, mas, segundo fonte da empresa, “não levaram nada”.

A GNR investiga as duas tentativas de furto.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista