Destaque Vila Verde

Em Vila Verde também é uma alegria ser pai

Joaquim Silva © Luís Ribeiro
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

O Dia do Pai assinala-se hoje, 19 de março, sendo uma data que comemora, anualmente, a figura familiar paterna. O Semanário V falou com 8 pais em Vila Verde sobre o que significa ser pai e o papel que representam na vida dos filhos.

Sem excepção, todos concordaram que ser pai foi o melhor que a vida trouxe a cada um.

Anselmo Silva, de Vila Verde, tem um filho com 34 anos e contou que ser pai “significa dar educação desde pequeno. Ele sempre me respeitou, eu sempre o respeitei e, hoje, ele já é pai também e eu acho que lhe dei bons exemplos e bons conselhos”. Anselmo adiantou que teve a oportunidade de dar um curso ao filho, o que fez dele o que é hoje. “É um rapaz que trata da vida dele, respeitado e que cumprimenta as pessoas, porque assim o ensinei”.

 

Anselmo Silva © Luís Ribeiro

 

Também Paulo Azevedo tem uma filha com 13 anos, que considera que ser pai é um conceito difícil de ser explicado, tendo em conta tudo o que representa. “É dar continuidade à família, certamente, educar, passar os valores e assumir a responsabilidade de criar alguém que, no futuro, será alguém na vida”.

 

Paulo Azevedo © Luís Ribeiro

 

Joaquim Silva, também de Vila Verde, tem dois filhos, um com 16 anos e outro com 14. “O meu papel de pai é muita responsabilidade, também orgulho de ter os filhos bem educados, que parte da nossa parte, pai e mãe. Acima de tudo é uma responsabilidade ser pai, porque hoje em dia vê-se muita coisa má no mundo e nós temos de estar sempre por trás deles”.

 

Joaquim Silva © Luís Ribeiro

 

Já José Cunha confessa que tem “um bom filho, que também tem um bom pai”. José, que tem 5 filhos e já tem bisnetos, considera que para criar um “bom filho”, tem de “respeitá-los como pai”.

 

José Cunha © Luís Ribeiro

 

Também José Barros é de Vila Verde e tem três filhos, todos maiores de idade. Ser pai “é uma alegria e quando eles crescem é ainda melhor, porque começam a vir os netos”. José tem dois netos, um com 16 anos e uma bebé com 7 meses.

 

José Barros © Luís Ribeiro

 

José Gonçalves tem 3 filhos, com 17, 27 e 37 anos. Para José ser pai “é a melhor coisa do mundo”. “Eu tenho muito orgulho nos meus filhos, como também tenho muito orgulho dos meus pais”.

 

José Gonçalves © Luís Ribeiro

 

Ainda sobre o que significa ser pai, Domingos Costa contou que tem dois filhos, 27 e 12 anos, e que “é a melhor coisa do mundo, ser pai e, depois, saber educá-los”. Continuou, afirmando que o papel dos pais é um dos mais importantes “para que eles venham a ser alguém na vida”.

 

Domingos Costa © Luís Ribeiro

 

Por último, Manuel da Silva, natural de Vila Verde, tem dois filhos e 3 netos. “Ser pai é dar educação aos filhos, dar trabalho e prepará-los para o futuro”. O pai existe para “garantir que eles vão estar bem na vida”. Manuel considera que o papel como avô é igual ao do pai, com o dever de educar e fazer com que sejam boas pessoas.

 

Manuel da Silva © Luís Ribeiro

 

Fotos: Luís Ribeiro

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista