Destaque Vila Verde

Obra no centro de saúde do Vade atrasada por falta de mão-de-obra

Fernando André Silva

O centro de saúde da Portela do Vade fechou portas para obras a 15 de setembro de 2018, estando prevista a sua reabertura em março de 2019. No entanto, as obras parecem estar atrasadas e chegaram mesmo a parar durante duas semanas, alegadamente por falta de mão-de-obra, o que tem preocupado população e autarca local.

O investimento é de cerca de 300 mil euros, pela Câmara de Vila Verde, e a obra ficou a cargo da empresa Construções Tinoco Gomes, Lda. A primeira pedra foi “inaugurada” a 15 de outubro de 2018, com pompa e circunstância, começando desde logo a empresa a laborar no local.

1.ª Pedra CS Vade (c) Luís Ribeiro / Semanário V

Para ler a notícia completa, consulte as páginas 20 e 21 da edição n.º 161 do Semanário V, disponível na edição digital [clicar aqui para aceder ao jornal digital]

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista