Destaque Vila Verde

Vila Verde. Tentam assaltar ourivesaria mas enganam-se na porta

Fernando André Silva

Uma situação insólita ocorreu durante a madrugada desta sexta-feira no centro de Vila Verde. A porta de um estabelecimento comercial foi arrombada com os larápios a julgarem tratar-se da porta de uma ourivesaria. No entanto, era a porta da loja Foto Bracarense.

António Vilaverde, colaborador daquela empresa de fotografia, contou ao Semanário V que quando chegou de manhã à loja encontrou a porta estroncada. “Tinha a porta das traseiras arrombada mas não mexeram nem roubaram nada”, aponta o colaborador.

Explica ainda que, na parte traseira, existem duas portas facilmente confundíveis, uma dá acesso à loja de fotografia, e outra a uma ourivesaria. “Provavelmente julgaram tratar-se da porta da ourivesaria mas quando se aperceberam que era da Foto Bracarense desistiram do assalto”, conta.

Militares do posto territorial da GNR de Vila Verde estiveram no local esta manhã a efetuar as diligências necessárias.

Este é já o terceiro assalto, na mesma rua, no espaço de uma semana, em que os larápios acabam por não levar nada. Também na semana passada, a sede das construções Vilaverdense e um escritório de Advogados de Martinho Gonçalves e Pedro Feio Gonçalves, foram vítima de arrombamento, sem, no entanto, ter sido furtado qualquer material.

 

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista