Braga Destaque

Feridos no despiste em Braga desencarcerados após cerca de duas horas

Despiste em Braga © Mariana Gomes / Semanário V
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

Os três feridos, considerados ligeiros pelas autoridades no local, já foram retirados do camião da AGERE que esta manhã chocou contra uma casa devoluta na rua D. Pedro V, em Braga.

Foram precisas mais de duas horas para retirar as três vítimas do camião, que se encontram, neste momento, no Hospital de Braga.

O administrador da AGERE, Rui Morais, empresa responsável pelo camião, adiantou que o condutor terá entrado em despiste, após evitar atropelar uma pessoa na passadeira.

Rui Morais avança que não se tratou de uma falha mecânica, uma vez que “no último mês foi feita a revisão dos travões”.

Victor Azevedo, da Proteção Civil, refere que “foram evacuadas três vítimas, que estão em estado considerado estável”. A última vítima a ser retirada inspira maiores cuidados, “tendo em conta as características do acidente” e o facto de que foi quem mais tempo ficou encarcerado no veículo.

O camião desceu a rua do Taxa e terá sofrido um despiste, batendo contra uma casa desabitada na rua D. Pedro V.

Três trabalhadores da empresa municipal que seguiam no veículo ficaram soterrados após o embate. Outra carrinha da AGERE ajudou a retirar escombros do camião, de forma a evitar danos maiores e resgatar os feridos.

A Proteção Civil adianta que não há risco do edifício abater, ficando responsável por garantir que não haja deslizamentos para a via pública.

No local estiveram 18 operacionais, entre o INEM, os Bombeiros Sapadores e Voluntários de Braga, Cruz Vermelha de Amares, VMER de Braga, Proteção Civil Municipal, PSP e Polícia Municipal.

 

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista