Vila Verde

Vila Verde. De enxada na mão, populares protegem casas “à moda antiga” de incêndios

Incêndio em Penascais (c) FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Cerca de uma dezena de proprietários e vizinhos do Monte das Carvalhas, em Penascais, Vila Verde, mobilizaram-se “à moda antiga” durante a manhã desta sexta-feira, protegendo habitações e terrenos com ajuda de ferramentas agrícolas.

José Vieira, proprietário de um terreno que acabou dizimado pelas chamas, contou ao Semanário V que é normal os proprietários mobilizarem-se para evitar a propagação de incêndios. “Construímos algumas trincheiras para que o fogo não passasse para outros terrenos mas infelizmente não consegui salvar o meu”, desabafa.

Incêndio em Penascais (c) FAS / Semanário V

Também João Pimentel, em conjunto com o segundo-comandante dos Bombeiros de Vila Verde, Luís Morais, limparam um caminho que estava ocupado pelas chamas, evitando assim que passassem para as habitações da família de João.

Segundo o popular, as chamas preparavam-se para alastrar para a última parcela de terreno, que se estendia até às habitações pertencentes a João Pimentel e familiares.

Incêndio em Penascais (c) FAS / Semanário V

Incêndio em Penascais (c) FAS / Semanário V

O Semanário V reuniu cerca de uma dezena de populares que têm estado a combater as chamas naquele monte, pelo menos há três semanas. Contam que se têm reunido, homens e mulheres, com ferramentas agrícolas, tratores e camiões cisterna para apagar os fogos que têm assolado aquele monte ao longo do último mês.

Explicam que o primeiro incêndio deu-se há cerca de 15 dias, alguns dias depois de uma queimada devidamente identificada e controlada, que não terá sido apagada convenientemente.

Incêndio em Penascais (c) FAS / Semanário V

“Queimaram aí uns sobrantes, tudo dentro da normalidade, mas passado uns dias houve um reacendimento que deflagrou em incêndio. Hoje voltou a acontecer o mesmo e desta vez ardeu o monte quase todo”, explica José Vieira, que viu toda a lenha e pinheiros que possui arderam no incêndio desta manhã.

Para além dos populares, também os Bombeiros Voluntários de Vila Verde chegaram prontamente ao terreno, onde já aguardava um carro patrulha da GNR de Vila Verde que fez reconhecimento do terreno, como constatou o Semanário V no local.

Incêndio em Penascais (c) FAS / Semanário V

Também uma equipa do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) da GNR chegou ao local para auxiliar no combate às chamas. O alerta foi dado pouco depois das 10h30 da manhã. Pelas 14h30, segundo dados da Proteção Civil, o incêndio encontra-se em fase de resolução.

Incêndio em Penascais (c) FAS / Semanário V

 

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista