Braga Destaque

1ª MasterclassdeDordoMinho foi “um sucesso”

1.º Masterclass da Dor do Minho © Luís Gonçalves / Foto Felicidade
Redação
Escrito por Redação

A 1ª MasterclassdeDordoMinho foi um dos primeiros eventos a tratar a dor de forma multidisciplinar com ênfase nos Cuidados de Saúde Primários. Este evento surgiu da iniciativa de um grupo de Médicos de Família, internos como especialistas e Enfermeiros de Família, curiosamente, todos os membros da Comissão Organizadora pertencentes à USF do Minho.

O consultor científico o Dr. Raúl Marques Pereira da USF Lethes, ULSAM, foi o criador e coordenador da primeira consulta de Dor em Cuidados de Saúde Primários no nosso país e tratou-se de um dos primeiros eventos de Dor em Portugal, especialmente dedicado aos profissionais dos cuidados de saúde primários, abordando temáticas neste congresso, como a terapêutica de dor aguda e crónica, ferramentas para avaliação da mesma, a dor em cuidados paliativos ou neuropatia diabética.

Dr. Raúl Pereira 1.º Masterclass da Dor do Minho © Luís Gonçalves / Foto Felicidade

Com uma comissão organizadora constituída por profissionais de saúde da ACeS Cávado I – Braga, destacando-se nomes como, Jorge Hernâni Eusébio, Ricardo Jorge Silva, Ana Paula Caldas, Vera Lúcia Marques, Ana Catarina Oliveira e Carina Ferreira entre uma equipa multidisciplinar e polivalente responsável pela organização do congresso, teve lugar, no hotel Vila Galé Colletion na cidade de Braga, contando com mais de 200 participantes, sendo considerado um dos maiores eventos da região, na sua primeira edição.

Na sessão de abertura o Vice-presidente Câmara Municipal de Braga, referiu que “é um orgulho poder acolher em Braga este evento. Um evento preocupado com as pessoas, que dignifica a cidade. Agradecemos o emprenho de toda a comissão e em nome do Município felicitamos todos os envolvidos, em especial a comissão organizadora”.

1.º Masterclass da Dor do Minho © Luís Gonçalves / Foto Felicidade

Apoiado pela Grünenthal Portugal, Menarini Portugal, Unilabs e Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (AEFMUP) este congresso tornou-se pioneiro na discussão da temática da dor, querendo reforçar a importância do estudo da dor e principalmente na urgência do apoio a pessoas que sofram de dor, melhorando a investigação e a medidas a tomar.

Sendo uma temática de saúde, este congresso esteve direccionado para Médicos Especialistas e Internos de Medicina Geral e Familiar, assim como Enfermeiros, restantes médicos e enfermeiros dos Cuidados de Saúde Primários; médicos e enfermeiros em geral, Estudantes de Medicina, Enfermagem e outros profissionais de saúde.

1.º Masterclass da Dor do Minho © Luís Gonçalves / Foto Felicidade

Não indiferente aos problemas sociais da região e do país, a organização da MasterclassdeDordoMinho demonstrou a sua responsabilidade social com uma parceria com a Refood Braga 100%, que esteve presente no evento com voluntários e um stand de informações, sensibilizando toso os presentes para o combate ao desperdício alimentar, ajudando assim no combate à fome dos mais desfavorecidos.

Com um programa diversificado e rico em temáticas de extrema importância, destacaram-se a Epidemiologia, caracterização e fisiopatologia da dor, a Avaliação da dor e principais ferramentas para avaliação, Tipos de dor, a Terapêutica de Dor Aguda e de Dor Crónica, a Dor como doença, Discussão de casos. Terapêutica da Dor Aguda e Neuropatia Diabética – da vigilância do diabético ao controlo da dor associada à patologia, entre muitos outros temas abordados. O leque de palestrantes e moderadores foi de topo, constituído por profissionais das mais diversas áreas da saúde, nomeadamente ligados à investigação, directores de unidades de dor, unidades de saúde familiar entre muitos outros que deram ainda mais destaque ao evento e à temática da dor.

“Só conversando e aprendendo em conjunto é que poderemos tratar eficazmente as pessoas que sofrem com Dor. Este é um projecto pioneiro, direccionado para a temática da dor. Como consultor científico da MasterclassdaDordoMinho, sinto-me lisonjeado por puder trabalhar com uma equipa empenhada em fazer deste projecto o início de uma caminhada de luta contra a dor e de melhoramento na investigação e investimento na temática da dor. Estou orgulhoso e com a certeza que será um passo importante na região para esta temática”, vincou Raul Pereira.

1.º Masterclass da Dor do Minho © Luís Gonçalves / Foto Felicidade

1.º Masterclass da Dor do Minho © Luís Gonçalves / Foto Felicidade

O evento decorreu das 9 horas às 18 horas, contou com uma comissão de honra de excelência, albergando autoridades de todos os quadrantes da sociedade, da região do Norte e do país, destacando-se o alto patrocínio do Presidente da Republica, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, que felicitou a iniciativa, abrindo portas para a sua presença numa futura iniciativa.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação