Braga

Braga reuniu parceiros para discutir medidas para o setor agropecuário

© CM Braga
Redação
Escrito por Redação

No âmbito da programação da AGRO 2019, Braga recebeu uma sessão do projeto de Diálogo Social Transfronteiriço para o setor agropecuário.

Integrada no projeto GEMCAT – Geração de Emprego de Qualidade Transfronteiriço, que resulta de uma parceria entre o Município e os governos autónomos de Galiza, Castela e Leão e Extremadura, nesta sessão foi decidido propor medidas e ações conjuntas para os desafios do setor para os próximos anos, como a seca, a competitividade das exportações, o envelhecimento da população, o êxodo rural, as novas tecnologias, a necessidade de formação especializada e as dificuldades de contratação de pessoal nesta área.

A sessão decorreu no Altice Forum Braga e contou com a presença de Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, que elogiou esta iniciativa integrada na programação de um certame que, “além de promover o setor primário, promove também a empregabilidade num espírito de concertação, que torna o futuro uma via aberta para o emprego de qualidade”.

Este projeto pretende melhorar a capacidade institucional das autoridades públicas e dos agentes sociais na melhoria da eficiência das políticas públicas estimulando a criação e manutenção de emprego de qualidade e desta forma construir um marco de cooperação institucional que traga resultados concretos e melhorias tangíveis no mercado laboral transfronteiriço.

Os resultados serão transmitidos no Fórum de Diálogo Social a realizar em Mérida no próximo mês de outubro.

Nesta Mesa de Diálogo Social estiveram ainda presentes a Direcção Geral do Trabalho e o Observatório de Responsabilidade Social Empresarial SER da Junta da Extremadura, a União geral de Trabalhadores da Extremadura, a CCOO – Comisiones Obreras de Extremadura, a Autoridade para as Condições de Trabalho, o SETAAB- Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Agricultura, Floresta Pesca, Turismo, Indústria Alimentar, Bebidas e Afins, e a CAP – Confederação dos Agricultores Portugueses.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação