Vila Verde

Junta da Loureira quer saber quem despejou oito colchões na via pública

Redação
Escrito por Redação

A Junta de Freguesia da Loureira denunciou esta manhã um crime ambiental realizado junto aos contentores subterrâneos instalados naquela freguesia do concelho de Vila Verde.

Em publicação através das redes sociais, o autarca Pedro Dias aponta para oito colchões despejados entre os contentores subterrâneos e os ecopontos. Ao Semanário V, o autarca refere que um dos responsáveis pelo amontoado já foi identificado através da ajuda popular.

“Sabemos que hoje é 1 de abril, mas infelizmente, não é mentira”, refere o autarca, apelando a que “ajudem” a junta a encontrar os prevaricadores do espaço público.

“É uma pouca vergonha a falta de sensibilização destes Kândidos”, alerta a autarquia.

“Meus senhores, ali não é depósito deste lixo nem de lixo de obra! Continuamos atentos e com ajuda da população loureirense vamos encontrar este tipo de gente! Pedimos às autoridades mais fiscalização e penalizações graves para estes Kândidos”, reitera Pedro Dias.

Recorde-se que a junta da Loureira já havia pedido auxílio da população para denunciar quem coloca lixo de forma errada na via pública, apelidando essa campanha como “Não sejas Kândido”.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação