Braga

Braga Ciclável envia carta aberta a Ricardo Rio sobre os problemas com os bicicletários

Redação
Escrito por Redação

A instalação de estacionamentos adequados para bicicletas na cidade de Braga é uma das reivindicações mais antigas da Braga Ciclável que hoje, 4 de abril, divulgou uma carta aberta enviada ao presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, e aos vereadores da Gestão e Conservação do Espaço Público e da Mobilidade, sobre os problemas com os bicicletários junto ao Mercado Municipal.

A instalação de estacionamentos era uma medida destacada como uma das mais urgentes na Proposta Para Uma Mobilidade Sustentável, que foi lançada em 2012 e entregue ao Município e às várias forças políticas, incluindo ao então vereador Ricardo Rio.

Recentemente, a Braga Ciclável alertou para os problemas existentes na instalação dos novos bicicletários, integrados num plano municipal de implementação de estacionamentos para bicicletas em Braga. O plano em questão previa inicialmente a instalação de 1.000 suportes de estacionamento, que acabaram a ser reduzidos a 28. Segundo a Braga Ciclável, no dia 10 de março, esses suportes foram retirados.

“Ainda nessa mesma semana chegaram a esta associação relatos de que haviam sido colocadas mais estruturas semelhantes às retiradas, na envolvente ao mercado municipal de Braga, que se encontra em obras”, afirma a Braga Ciclável em comunicado, acrescentando que visitou o local para avaliar a forma como estavam a ser colocados.

No passado dia 16 de março, voltaram a enviar uma carta aberta, via email, dirigida ao presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, ao vereador da Gestão e Conservação do Espaço Público e ao vereador da Mobilidade, uma vez que foi este último vereador quem recentemente prestou esclarecimentos à comunicação social na sequência da carta aberta que a Braga Ciclável endereçou ao município.

Entre os problemas apontados estão os “suportes metálicos que não têm espaço suficiente entre si e foram colocadas em passeios, quando neste caso concreto deviam substituir lugares de estacionamento automóvel”.

“A localização escolhida para os bicicletários na envolvente ao mercado municipal não é a melhor. Colocar estas estruturas no passeio causa sempre problemas e vai contra as recomendações (salvo se estiverem localizados dentro de uma zona pedonal ou de coexistência – que não é o caso em análise)”, pode ler-se na carta aberta ao município.

“Lamentamos que a esta altura continuemos a discutir as dimensões básicas da colocação dos suportes, quando podíamos estar a discutir estratégias para aumentar o uso da bicicleta em Braga como uma das alternativas reais e desejáveis ao uso do transporte individual em Braga” terminam assim a carta.

Segundo a Braga Ciclável, o município ainda não respondeu às questões colocadas.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação