Braga

Vila Galé Braga vence “Óscar” do imobiliário na categoria de reabilitação urbana

Redação
Escrito por Redação

O Hotel Vila Galé Collection de Braga venceu o prémio de Reabilitação Urbana na 21.ª edição dos “Óscares do Imobiliário”, organizado pela revista Imobiliário Magazine.

O empreendimento bracarense foi o escolhido pelo júri, destacando-se a recuperação e transformação do edifício que albergou parte do antigo hospital de São Marcos, situado no Largo Carlos Amarante.

Na categoria de Turismo, para a qual o Vila Galé Braga estava também nomeado, o vencedor foi o hotel Monumental Palace, no Porto.

O Vila Galé Braga foi inaugurado a 9 de junho de 2018, em investimento de oito milhões de euros, criando perto de 50 postos de trabalho diretos.

Para além do hotel em Braga, os restantes vencedores destes “Óscares” foram o Edifício FPM41, Sottomayor Residências, Hotel Monumental, novo campus da Nova School of Business and Economics e o Edifício Alferes Malheiro.

A Barcelos Residence, urbanização privada construída em Barcelos, estava nomeada categoria de “Habitação”, mas perdeu o “título” para a Sottomayor Residências, situada em Lisboa.

Fizeram parte do júri Paulo Silva, Head of Country da Savills; Almeida Guerra, administrador da Rockbuilding; Eduardo Abreu, partner da neoturis; Juan Antequera, director-geral de Imobiliário do Vilamoura World; engenheiro Fernando Santo; e arquitectos João Paciência e Regino Cruz.

A 21ª edição dos Óscares do Imobiliário foi organizada pelo Magazine Imobiliário e contaram com o patrocínio da Savills (Patrocinador Principal), Banco Santander, ERA Portugal, Construtora Paviana, Gabinete de Arquitectura Broadway Malyan, Vilamoura World e Technal e o apoio da APPII, ADENE, Casa Sapo, Tecnovisão, Green Media e Diário Imobiliário.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação