Braga

Braga em choque com tragédia que se abateu sobre família de Merelim

Redação
Escrito por Redação

O trágico acidente que vitimou Sandra Pinto, neste sábado, quando se dirigia para o jogo que opôs Benfica e Braga em sub-19, motivou já várias reações de pesar, incluindo do adversário da equipa arsenalista. Também o SC Braga emitiu um comunicado onde lamenta a tragédia.

“O SC Braga regista com enorme pesar o falecimento da mãe do jogador David Veiga, Sandra Pinto, vítima de um acidente rodoviário quando se dirigia para o encontro que os juniores disputaram na tarde deste sábado contra o SL Benfica, a contar para a fase final do Campeonato Nacional de Juniores”, escreve o clube bracarense.

“Nesta terrível hora de dor e consternação, o clube está e estará com o jogador, desejando que o seu pai, que também seguia na viatura, consiga sair da situação crítica em que se encontra. Por consideração para com David Veiga e o drama pessoal que atravessa, o SC Braga espera que a sua privacidade seja preservada e respeitada”, refere ainda o comunicado.

O acidente motivou ainda uma reação da parte do clube adversário, o SL Benfica, que manifestou pesar e solidariedade para com os braguistas.

“O Sport Lisboa e Benfica manifesta o seu mais profundo pesar e toda a sua solidariedade ao Sporting Clube de Braga, a toda a estrutura da sua equipa de Juniores e em particular ao seu jovem jogador pelo muito triste falecimento da sua mãe, vítima de acidente quando se deslocava para assistir ao jogo entre as nossas equipas. Momento de luto e dor que partilhamos”, escrevem os lisboetas.

Acidente mortal na A1 / Foto: Diário de Coimbra

Sandra Pinto é a vítima mortal de um aparatoso acidente ocorrido na A1, em Condeixa-a-Nova. É de Merelim São Paio, e é mãe do jogador da equipa de juniores do Sporting Clube de Braga, David Veiga.

A família do jogador deslocava-se naquela autoestrada para assistir à partida realizada esta tarde em Lisboa, entre o Benfica e os bracarenses, tendo sofrido um aparatoso acidente que provocou mais quatro feridos, entre os quais o pai do jogador, que ficou em estado grave.

O jogo acabou interrompido poucos minutos antes do final a pedido do treinador do Braga, devido ao transtorno que ocorria no banco de suplentes da equipa, após se saber da trágica situação. O filho acabou por ter conhecimento da tragédia durante o encontro.

A GNR investiga as circunstâncias do sinistro que ocorreu entre dois veículos ligeiros e uma carrinha de mercadorias pelas 14h15, ao quilómetro 179 no sentido Norte-Sul. O acidente aconteceu numa altura em que ocorria uma forte queda de granizo.

Foram mobilizados 33 operacionais para o local, entre bombeiros e INEM. A vítima mortal tinha 45 anos.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação