Vila Verde

Vereador da Câmara de Vila Verde mente sobre abate de árvores em Prado

Abate de árvores Vila de Prado © PS Vila Verde
Redação
Escrito por Redação

Patrício Araújo, vereador com pelouro do Ambiente na Câmara de Vila Verde, declarou esta terça-feira à imprensa local que o abate de árvores na Vila de Prado tinha sido aprovado pelo Partido Socialista de Vila Verde durante uma reunião de executivo, algo que nunca aconteceu.

As declarações do vereador da Câmara de Vila Verde surgem na sequência de um alerta deixado pelo líder do PS de Vila Verde, José Morais, relativamente ao abate de árvores no Largo Comendador Antunes Lima, na Vila de Prado.

José Morais referiu que a requalificação daquele largo previa a manutenção das árvores, de acordo com o projeto apresentado para captar fundos europeus para o efeito. No entanto, foram abatidas várias árvores daquele largo, para insatisfação do PS local.

Patricio Araujo

No entanto, Patrício Araújo, reagindo ao comunicado de José Morais, referiu que o projeto tinha sido discutido em reunião de executivo e que os vereadores do PS de Vila Verde tinham votado a favor, algo que não corresponde à verdade.

Contactado pelo V, José Morais diz ser uma “completa mentira” que a proposta tenha sido aprovada pelo PS, muito menos que tenha sido apresentada em reunião de Câmara.

Ao que apurámos, o vereador do Ambiente já contactou a imprensa a pedir para retirar as declarações dadas previamente. Também já terá ligado aos vereadores socialistas para se desculpar pelo lapso.

Sobre o corte das árvores, Patrício Araújo refere que vão ser plantadas novas árvores, de outras espécimes, que, diz, são mais adequadas para o novo espaço no centro histórico da Vila de Prado.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação