Destaque Vila Verde

Maus tratos. Crianças de Vila Verde sensibilizadas sobre os seus direitos

Casa do Conhecimento © Luís Ribeiro / Semanário V
Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

A casa do Conhecimento promoveu, hoje, uma ação de sensibilização para as crianças do concelho de Vila Verde.

No seguimento do Mês Internacional dos Maus Tratos Infantis, que se assinala em abril, foram realizadas várias ações de sensibilização junto da população e, com o apoio da CPCJ, a Casa do Conhecimento deu a conhecer os direitos – e os deveres – das crianças.

As crianças aprenderam a definição de direitos, quantos e quais direitos têm e como fazer quando os seus direitos são desrespeitados. “Direitos são comportamentos que as pessoas responsáveis pelas crianças têm que ter para que sejam felizes, saudáveis e se sintam seguros”. Foi esta a definição apresentada às cerca de meia centena de alunos que participaram na ação.

Durante a ação de sensibilização foi, ainda, explicado de onde surge o simbolismo do laço azul, representativo dos maus tratos infantis. A Campanha nasceu nos Estado Unidos, tendo sido escolhida a cor azul como representativa das nódoas negras.

Entre os muitos exemplos de direitos das crianças, foi explicado o direito estar com ambos os pais, em caso de separação, o direito a proteção e ajuda especial, o direito à habitação, direito a moradia, direito a assistência médica, direito a dar opinião, direito a educação gratuita e ao lazer infantil, direito à privacidade.

Tendo em conta que se trata do mês dos Maus Tratos Infantis, foi destacado o direito à segurança, “ninguem deve exercer maus tratos sobre crianças”.

A presidente da CPCJ de Vila Verde, Beatriz Santos, explica que “é importante passar estas mensagens aos jovens, para que conheçam os seus direitos, para que não sejam mal tratados e que, em caso de falta de respeito por estes direitos saibam onde se podem dirigir”.

A professora Beatriz Santos explicou, ainda, que a prevenção é a parte essencial do trabalho desenvolvido pela CPCJ. “Há uma comissão, dividida em duas modalidades, uma mais restrita que trabalha os processos, as sinalizações que nos chegam, e temos também uma comissão alargada, cujo objetivo é tratar a prevenção de todo o tipo de situações”. Este mês o trabalho da CPCJ foca-se na prevenção dos maus tratos.

Esta ação foi desenvolvida com o apoio do Município de Vila Verde e envolveu crianças do ATL Genius, da Casa do Povo do Centro Escolar de Vila Verde e o programa das Férias Mais Iguais do Município de Vila Verde.

 

Fotos: Luís Ribeiro

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista