Braga

Pudim de Braga entre os candidatos às 7 maravilhas doces de Portugal

Fernando André Silva

O Pudim Abade de Priscos é um dos 420 doces candidatos às 7 Maravilhas Doces de Portugal. Esta sobremesa foi escolhida de entre 907 candidaturas vindas de todo o país e é a única do concelho de Braga. Este concurso decorre em parceria com a RTP. Segue agora para uma segunda fase de votação em que ficam 140 doces escolhidos, revelados a 7 de maio naquela estação de televisão pública.

Nesta primeira fase, o pudim irá concorrer a nível distrital contra outros 19 doces do distrito de Braga. Destes 20 candidatos, apenas 7 passam à final. Os restantes doces do distrito selecionados são na grande maioria de Vila Nova de Famalicão [Bola avenida, Crème Brulée, Croissant, Lenços , Mousse de Chocolate, Natas e Profiteroles], Barcelos [Brisas do Cávado, Céu de Barcelos, Doce branco, Isabelinhas, Marmelada, Queijadinhas de Barcelos, Sonhos], as Clarinhas de Esposende, os Beneditinos de Terras de Bouro, o Bolinhol de Vizela, as Barquilheres de Vieira do Minho e as Tortas de Guimarães.

“Os portugueses estão gulosos por este projeto e vemos isso enquanto o processo de votação avança. Para nós, organização, que acompanhamos o processo desde o primeiro momento é fascinante ver como a eleição vai crescendo, vai ganhando forma e se torna numa oportunidade de projeção e divulgação dos doces e das suas regiões. São centenas os doces que já se comunicaram como candidatos às 7 Maravilhas e que vêm só na candidatura uma oportunidade de serem colocados no mapa”, explica Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas.

“A nossa doçaria é riquíssima e esta eleição comprova-o, com os dois pilares do projeto bem representados, tanto na tradição como na inovação. O papel dos especialistas é garantir a idoneidade do processo, fazendo uma pré-seleção daquilo que os portugueses vão votar. A lista de 140 doces que revelamos a 7 de maio vai ser a cereja no topo do bolo desde processo”, acrescenta Luis Segadães.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista