Braga

UNESCO assume Braga como referência na formação artística de bailarinos

Partilhe esta notícia!

Celebra-se hoje, 29 de abril, o Dia Internacional da Dança e, no seguimento das comemorações, o Município de Braga organizou, ao longo da última semana, um intenso programa recheado de atividades alusivas a esta arte performativa.

O Theatro Circo acolheu, ontem, duas galas que assinalaram o encerramento das atividades com chave de ouro.

Neste contexto, os membros internacionais da UNESCO foram recebidos no Salão Nobre dos Paços do Conselho, por Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, que se fez acompanhar pelas vereadoras do Desporto e Cultura.

O autarca bracarense sublinhou a importância de receber “nesta cidade jovem membros desta prestigiada instituição”, com a qual Braga tem uma “ligação especial”, uma vez que desde 2017 é “cidade criativa na área das media artes”.

“Este tipo de iniciativas, que surgem e que seguramente irão continuar na nossa cidade, como é o caso da celebração do Dia Internacional da Dança, é o exemplo que nos permite mostrar aos visitantes aquilo que Braga faz de melhor”, referiu, acrescentando que “Braga irá continuar a trabalhar para que cada vez mais a dança tenha expressão e queremos continuar a ser um viveiro de grandes talentos”.

O autarca recebeu nos Paços do Concelho Sergey Khudenko, ele que é atualmente secretário do Conselho Internacional da Dança da UNESCO, e que aceitou o convite do Município de Braga para conhecer os jovens bailarinos e o trabalho e talento que se tem vindo a produzir desde Braga nesta área.

Sergey Khudenko representa o Conselho Internacional de Dança, uma organização que congrega todas as formas de dança, em todos os países do mundo. Trata-se de uma organização não-governamental fundada em 1973, com sede em Paris, no edifício da UNESCO, onde está baseada.

Para o representante da UNESCO “seria uma honra que este evento, que decorre em Braga, ganhasse uma projeção internacional e, da nossa parte, (Conselho Internacional da Dança da Unesco) estamos de portas e braços abertos para apoiar Braga e os seus bailarinos e escolas em tudo o que for necessário para que isso aconteça. Temos sempre o apoio incondicional da Ana Köhler, que tem feito um trabalho notável desde que assumiu a presidência da Secção portuguesa do CID (Conselho Internacional de Dança), assim como do Clube UNESCO de Dança”.

Comentários

topo