Destaque

Sonae oferece prémio aos trabalhadores para “tentar condicionar a greve”

Partilhe esta notícia!

O CESP (Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal), veio a publico denunciar a Sonae (hipermercados Continente), por sortear um prémio para o trabalhadores para esta quarta-feira, 1 de maio, de forma a condicionar a greve que está marcada para o Dia do Trabalhador.

O prémio trata-se de um voucher da Odisseias Experiências e o sorteio tem como condição os trabalhadores estarem presentes no local de trabalho.

O Sindicato, em comunicado, acusa a Sonae de não olhar “a meios para tentar limitar e condicionar os trabalhadores a exercerem o seu direito à greve no 1.º de Maio”.

“De todos os dias do ano (que são 365) a Sonae escolheu o dia 1º de Maio – Dia do Trabalhador e dia de greve dos trabalhadores da Sonae, para sortear um voucher para actividades de lazer. E qual é a condição? Estar presente no seu horário no local de trabalho(!). Coincidência? De certeza que não”, acrescenta o Sindicato.

Segundo o CESP, esta iniciativa a acontecer no dia 1 de maio em específico “é uma vergonha”.

“Não lhes chegam os milhões e milhões de lucros que conseguem à custa dos salários de miséria que pagam aos trabalhadores, não lhes chegam a pressão e ritmos de trabalho brutais, os horários desregulados que fazem da vida dos trabalhadores um verdadeiro inferno e os impedem de qualquer possibilidade de conciliar o trabalho com a vida pessoal e familiar”, sublinha o Sindicato.

SSegundo o CESP, os trabalhadores exigem o aumento dos salários, a negociação das convenções coletivas de trabalho, o fim da precariedade, horários dignos e regulados, o pagamento do trabalho em dia de feriado acrescido de 100%, rejeição da proposta de lei de alteração ao Código do Trabalho e revogação das normas “gravosas” e o encerramento do comércio no 1º de Maio e em todos os domingos e feriados.

 

Comentários

topo