Braga

Treinador do Braga assume favoritismo ante o Sporting na luta pelo título feminino

O treinador do Sporting de Braga, Miguel Santos, assumiu hoje o favoritismo para o jogo com o Sporting, da 21.ª e penúltima jornada da I Liga de futebol feminino, que pode dar um título inédito às bracarenses.

Líder do campeonato, com mais três pontos do que as ‘leoas’, um empate basta ao Braga para se sagrar campeão no domingo, pelo que o técnico assumiu claramente o favoritismo e considerou que a intranquilidade está do lado do adversário.

“O Braga, nesta fase, na forma em que está, é favorito, claro. Estamos em primeiro, temos mais três pontos e a vantagem do confronto direto, de lá ter ganho 2-0. Vamos jogar em casa e tudo fazer para ganhar e dar esta alegria aos adeptos”, disse o técnico, em conferência de imprensa realizada no estádio 1.º de Maio, em Braga.

As minhotas, que já conquistaram esta época a Supertaça ao Sporting, perderam recentemente em casa por 4-2 com o Benfica, que milita na II Liga, o que ditou o afastamento da final da Taça de Portugal, depois de, na primeira mão das meias-finais, ter vencido em casa das ‘águias’ por 2-1.

“O que aconteceu com o Benfica, naqueles primeiros 10 minutos [nos quais ficou a perder por 3-0], foi algo de anormal. A lição que retirámos foi que não podemos cometer aqueles erros e na quantidade que cometemos, saiu-nos caro. A equipa aprendeu bem a lição, até porque no jogo seguinte já não sofremos golos. Isso foi debatido internamente e a equipa percebeu onde esteve menos bem, serviu para crescermos, fez-nos olhar mais para nós e tornou-nos mais fortes e com o Sporting esses erros não vão ser cometidos”, garantiu.

Miguel Santos disse sentir “o grupo tranquilo e confiante”: “Vamos entrar com as ideias bem claras e com a estratégia bem afinada para vencer o jogo e fechar as contas do campeonato”, disse.

O treinador recusou que o Sporting de Braga possa iniciar o encontro com uma atitude expectante, mas frisou que “quem tem que arriscar é o Sporting”.

“O Braga está mais tranquilo, um pouco à semelhança do que aconteceu quando fomos a Alcochete, porque tínhamos dois pontos de vantagem. Nesta fase, o Sporting mais tem que arriscar e a intranquilidade está do lado do Sporting”, disse.

Miguel Santos considerou que será o jogo mais importante da sua carreira “porque está em causa um título” e disse ter sentido as jogadoras “animadas e focadas” esta semana, questionando: “Quem não que ser campeã nacional?”.

A ‘capitã’ bracarense, Vanessa Marques, frisou que a equipa “sabe o que tem que fazer”, está “com os pés bem assentes na terra” e quer “dar alegrias aos adeptos”, assinalado que tem “vindo a trabalhar para cometer menos erros”.

A internacional portuguesa, que admitiu a existência de alguma ansiedade natural nas colegas de equipa, disse não esperar facilidades por parte das ‘leoas’.

“Agora estamos focadas no campeonato e o que queremos é dar uma boa resposta. Todos os jogos são diferentes, vamos corrigir o que fizemos de menos bom, porque sabemos que o Sporting é um adversário difícil, já tivemos diferentes resultados com elas, mas temos sobretudo de olhar para nós e para a nossa qualidade”, disse.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo