Destaque Região

Mulher queixa-se de agressões no cemitério de Arcos de Valdevez

Cemitério de Arcos de Valdevez / FAS / Semanário V
Fernando André Silva

Uma mulher de 60 anos foi esta manhã transportada para o Hospital Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima, na sequência de uma alegada agressão na face.

A situação ocorreu esta manhã, por volta das 9h30, com a mulher a dar o alerta para as autoridades de que teria sido alvo de uma agressão à porta do cemitério de Arcos de Valdevez.

Ao que o Semanário V apurou junto de alguma população, a mulher queixava-se de ter sido esbofeteada por um elemento da junta de freguesia local, que foi identificado por militares da GNR.

Cemitério de Arcos de Valdevez / FAS / Semanário V

A altercação deu-se à porta do cemitério, e, segundo testemunhas, terá iniciado após uma desavença com o estacionamento no adro daquele cemitério, que se encontra em obras para a construção de uma nova capela mortuária.

Ao que foi possível apurar junto de fonte envolvida na emergência, a vítima não apresentava sinais de agressões visíveis, mas terá sido transportada para a unidade hospitalar por ter apresentado queixas junto da GNR.

O transporte foi levado a cabo por uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez.

De acordo com fonte ligada à manutenção daquele cemitério, já não é a primeira vez que existem situações de agressões, tanto fora como dentro do cemitério.

Comentários

Acerca do autor

Fernando André Silva

Fernando André Silva

Jornalista