Vila Verde

GNR apoia peregrinos de Vila Verde em zonas de tráfego mais intenso

Partilhe esta notícia!

O grupo de cinco empresários peregrinos que partiu de Vila Verde rumo ao Santuário de Fátima está a receber apoio por parte de militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) durante o percurso que ligou Maia a São João da Madeira.

Os militares estão colocados em pontos estratégicos, onde existe maior risco para a circulação pedonal, auxiliando os milhares de peregrinos que se deslocam do Norte até ao centro do país.

O Semanário V falou esta terça-feira com Carlos Vieira, de 40 anos, residente na Loureira, Vila Verde, que nos contou que a peregrinação tem sido “bastante agradável”.

O peregrino refere que a experiência “está a ser boa”, mas, sendo já a quarta peregrinação, afirma já “saber para o que ia”. Já com uma “pequena bolha no pé”, Carlos refere que o grupo de peregrinos onde está inserido tem sido “fantástico”, assim como militares da GNR que tem encontrado pelo caminho.

“Por acaso no troço de hoje ainda não vimos nenhum, mas durante o percurso de ontem foram vários militares a dar uma ajuda pelo caminho”, sublinha o empresário da área da eletricidade.

Outro dos destaques apontados por Carlos é a já conhecida ajuda entre peregrinos. “O lema destas caminhadas é que um peregrino não nega ajuda a outro peregrino, e isso tem acontecido. Também as pessoas vão dando água e fruta pelo caminho”, adianta.

Chuva acompanha peregrinos esta terça-feira / DR

Carlos aponta ainda que tem sentido segurança durante o percurso, mas já sabe que a zona de maior risco será entre Coimbra e Pombal, onde existem menos passeios e muitas vezes os peregrinos têm de parar para deixar passar os carros.

O peregrino deixa ainda o apelo a interessados que façam a peregrinação no próximo ano. “Isto é fantástico, quase um vício para recarregar baterias e para testar a nossa fé”, salienta.

O grupo de cinco peregrinos que partiu de Vila Verde efetua hoje o percurso entre São João da Madeira e Águeda, onde contam chegar ainda a meio da tarde desta terça-feira.

Comentários

topo