Braga

Universidade do Minho recebe amanhã ministro da Defesa

Partilhe esta notícia!

O ministro da Defesa participa esta quarta-feira, dia 8, na 40ª edição dos Colóquios de Relações Internacionais da Universidade do Minho. João Gomes Cravinho vai proferir a palestra inaugural, “Portugal e a União Europeia”, marcada para as 9h50. A entrada é livre.

A sessão de abertura dos Colóquios, que têm o tema “Relações internacionais: para lá do dever”, realiza-se às 9h00, com Francisco Veiga, presidente da Escola de Economia e Gestão da UMinho, e Ricardo Pereira, presidente do Centro de Estudos de Relações Internacionais da UMinho (CECRI) e representante da organização do evento.

Após João Gomes Cravinho, está previsto o debate “Ideia, processo e implementação do multilateralismo”, com o embaixador britânico Tony Brenton e os professores Zaki Laidi (Sciences Po, França), Kai-Olaf Lang (Instituto Alemão para Assuntos Internacionais e de Segurança) e Sandra Fernandes (UMinho).

Às 14h30 é a vez do painel “A Contestação à ordem mundial: o reerguer da China e da Rússia no século XXI”, com o embaixador português José Manuel Villas Boas e os professores Rafael García Pérez, Raquel Vaz Pinto e Alena Vieira, respetivamente das universidades de Santiago de Compostela, Nova de Lisboa e do Minho.

Os colóquios prosseguem na quinta-feira, às 9h30, com a mesa redonda “Influência dos media na política internacional: o caso da Europa e da América”, com a embaixadora finlandesa Tarja Laitiainen, o embaixador para a Ciberdiplomacia Luís Barreira de Sousa, o jornalista da France24 Moahmad Barakat e os professores Eva Claessen (Universidade Católica de Leuven, Bélgica) e José Palmeira (UMinho).

Tarja Laitiainen volta a intervir às 11h20 sobre a criação de uma Embaixada no Afeganistão dos talibãs pobres. De tarde, vai ser analisado o tema “NATO vs. Política Externa e de Segurança Comum da UE: cooperação ou competição?”, pelo tenente-coronel Francisco Garcia Proença e pelos professores Luis Simon (Universidade Livre de Bruxelas, Bélgica) e Laura Ferreira-Pereira (UMinho).

Comentários

topo