País

Fábio Coentrão critica arbitragem e manifesta “pena de não tirar pontos ao Benfica”

O antigo jogador do Benfica, Fábio Coentrão, manifestou esta noite alguma revolta para com a arbitragem de Hugo Miguel, no jogo em que o Benfica venceu o Rio Ave por 3-2, no Estádio dos Arcos.

Nas declarações pós-jogo, o vila-condense afirmou ser “complicado jogar nestas condições. “Viu-se no lance do 2-0. Se há uma falta evidente porquê que os árbitros não têm coragem de fazer aqui o mesmo que fazem às equipas grandes”, questionou, afirmando que “é falta, ponto final”.

“Assim é ainda mais difícil. Mas o nosso futebol está assim. Este é o estado do nosso futebol. Só tenho pena de hoje não ter tirado pontos ao Benfica. Tenho muita pena”, reforçou o lateral.

“O nosso futebol está assim em Portugal. Infelizmente, com muita pena minha. Isto tem de levar uma reflexão muito grande porque assim é muito complicado”, acrescentou.

Sobre ter sido assobiado por adeptos do Benfica, indicou que “desde a primeira vez que vesti a camisola que sempre dei tudo pelo Benfica”.

“Trabalhei, dei dinheiro ao Benfica, ajudei o Benfica e eles ajudaram-me a mim. O Benfica que siga a vida dele que eu vou seguir a minha. E não vou falar mais nada”, vincou Coentrão.

O Benfica venceu esta noite no estádio dos Arcos o Rio Ave por 3-2, mas não conseguiu sagrar-se campeão nacional antecipadamente, fruto da vitória do Porto frente ao Nacional.

Os encarnados seguem com 84 pontos enquanto os portistas levam 82 pontos. Falta uma jornada para terminar o campeonato.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo