Braga

Mulheres patrulham Enterro da Gata para evitar machismo e violência de género

Voluntárias do núcleo de Braga da  União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), marcam presença nos concertos do Enterro da Gata, que decorre até 17 de maio, no Forum Braga.

As voluntárias patrulham o recinto para identificar possíveis práticas machistas ou de sexismo e numa tentativa de dissuadir eventuais registos de violência de género.

Há ainda uma conta do Instagram “Ponto Lilás”, onde podem ser denunciados vídeos não autorizados, o que se vem tornando uma prática nos últimos anos, sobretudo com a exposição de raparigas estudantes seminuas e embriagadas.

Para além do reconhecimento, está em curso uma campanha contra a violência e assédio durante este tipo de eventos, com a organização a distribuir material para alertar para situações de risco, de forma a contribuir para a desmoralização de assédio sexual e outras formas de violência sexual em ambientes de lazer noturno académicos.

É uma iniciativa Sexism Free Night – por um lazer noturno igualitário, em parceria com a Associação Académica da Universidade do Minho , a UMAR Braga e o Projecto UNi+ Programa de Prevenção da Violência no Namoro em Contexto Universitário.

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo