Braga Destaque

São esperadas dois milhões de pessoas no São João de Braga

Mariana Gomes
Escrito por Mariana Gomes

De 14 a 24 de junho realiza-se em Braga a maior festa da cidade, que espera cerca de um milhão de pessoas. O São João chega este ano com um programa recheado de novidades, dedicado à preservação do seu património e tradições. Na noite de 23 de junho é ainda esperada a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Ao todo são 11 dias com 270 horas de programação, 160 iniciativas, 25 espetáculos e 365 entidades envolvidas. O São João de Braga 2019 quer chegar a uma geração jovem e dinâmica que tem orgulho na tradição Sanjoanina. Este ano, a associação de festas de São João estima que Braga irá acolher cerca de dois milhões de pessoas.

Do programa destaca-se o cortejo etnográfico, o cortejo de gigantones e cabeçudos que chama milhares de visitantes, a aclamação das flores e a noitada de São João e o fogo na ponte no dia 24 de junho. A tudo isto juntam-se vários espetáculos musicais. Este ano os bracarenses podem contar com Toy, Anselmo Ralph, Agir e Daniel Pereira Cristo.

Duas das novidades das festas de São João deste ano são o encontro ‘Todos ao Bombo’ e a criação da ‘Praça do Artesão’. Na Praça do Artesão, os bracarenses podem contar com várias atividades, como a construção de cabeçudos, bombos, instrumentos de corda e viola braguesa.

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, sublinhou que o “São João de Braga é um momento único na vida da cidade, pela ligação à nossa história e tradição, pela capacidade de dinamismo demonstrada pelas associações que participam”. O autarca, na apresentação do programa na tarde de quarta-feira, 15 de maio, afirmou que “este é um período de grande efervescência para Braga”, uma vez que arrasta multidões, atrai visitantes nacionais e internacionais, algo que Ricardo Rio considera ser uma mais-valia em termos económicos.

Firmino Marques, o presidente da associação de festas de São João, referiu na mesma ocasião que os bracarenses são prioridade, sendo o principal objetivo “continuar a reconquistar os bracarenses para que sintam que o São João é deles e que podem participar ativamente na sua organização”.

Comentários

Acerca do autor

Mariana Gomes

Mariana Gomes

Jornalista