Região

Europeias. Líder do MAS alerta para a necessidade de transição energética no Cávado

O cabeça de lista às eleições Europeias pelo MAS (Movimento de Alternativa Socialista) esteve hoje no distrito de Braga onde fez contacto com a população no mercado de Barcelos.

Depois esteve junto ao edifício das águas de Barcelos, “Um exemplo do que acontece na Europa, em que recursos naturais têm sido retirados da mão pública e posta na mão de privados, sempre em negócios muito duvidosos, para não dizer criminosos, onde as populações ficam a parder com serviços mais caros e de pior qualidade. Não é esta Europa que queremos. O MAS defende uma Europa onde os recursos naturais estejam ao serviço das populações e não ao serviço das fortunas de uns poucos que ganham com a nosssa miséria”

Junto ao rio cávado, o candidato alertou para o problema ambiental e para a necessidade de ser feita a transição energética até 2035.

“Temos de parar com a queima de combustiveis fosseis para poder haver um amanhã. Temos de por pagar a crise ambiental quem tem beneficiado com ela, por isso o MAS propõe a nacionalização das industrias automóvel e petrolífera e do sector financeiro. É tambem necessário a criação de de transportes publicos gratuitos para as populações”, disse.

O candidato vai ainda estar esta noite pelas 20h30 num jantar de apoio à candidatura no Restaurante Alberga, Rua de Santa Clara 128, 4750-132 Barcelos

Partilhe esta notícia!

Comentários

topo