Póvoa de Lanhoso

Caminhada Noturna na Póvoa de Lanhoso juntou mais de 400 participantes

Redação
Escrito por Redação

Cerca de 400 pessoas participaram em mais uma Caminhada Noturna, que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso promoveu a 17 de maio.

Esta Caminhada Noturna foi uma forma de a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso se associar às comemorações do Dia Internacional dos Museus, este ano com o tema “Os Museus como Centros Culturais: o futuro da tradição”, e do Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade, no âmbito do programa da Semana da Saúde e Qualidade de Vida.

O objetivo foi incentivar a prática e estilos de vida saudáveis com caráter promotor e preventivo.

Para além da Póvoa de Lanhoso, participaram pessoas de concelhos como Braga, Guimarães, Santo Tirso, Viana do Castelo, Porto, Matosinhos e Paços de Ferreira.

Logo nos primeiros metros, os participantes passaram pelo interior da tenda da Semana da Saúde, onde os técnicos da Farmácia Matos Vieira ofereceram uma garrafa de água a cada participante.

Percorridos os primeiros três quilómetros do percurso delineado, junto à capela de Santa Marta, na União de Freguesias de Calvos e Frades, as pessoas participantes puderam degustar o já famoso moscatel e bananas, numa oferta da Farmácia Matos Vieira, num momento que já vem sendo habitual nestas caminhadas.

Ao sexto quilómetro, no interior da igreja românica de Fontarcada, aconteceu uma das principais surpresas da noite, com um mini espetáculo em que um grupo de sete “monges beneditinos” reencarnou e brindou os presentes com músicas gregorianas, que aqueles fizeram entoar nas paredes seculares daquele Monumento Nacional.

No final da caminhada, e já de regresso à tenda da Semana da Saúde e Qualidade de Vida, no Pontido, foi sorteado um cabaz oferecido pela Farmácia Matos Vieira ao mesmo tempo que decorreram massagens de relaxamento realizadas por uma equipa de fisioterapeutas do Hospital António Lopes.

Para terminar e aquecer a noite, os participantes degustaram as Rochas de Pilar, acompanhadas de uma infusão de salva-ananás, produzida no Centro Interpretativo do Carvalho de Calvos, moscatel e vinho do Porto.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação