País

Fisco tem ‘equipa secreta’ que vigia e fotografa contribuintes suspeitos

Redação
Escrito por Redação

Desde 2017 que a direção de Finanças do Porto (DFP) tem em curso a investigação, por parte de uma equipa criada para o efeito, a vigilância de contribuintes suspeitos de crimes fiscais, segundo avança o Jornal Económico desta sexta-feira.

Depois da polémica em torno das operações STOP levadas a cabo pelo Fisco, aquela publicação tornou público que esta equipa de vigilância foi criada de forma secreta, e tem levado a cabo a vigilância e recolha de material fotográfico dos suspeitos.

Por existirem suspeitas desta ação ter sido levada a cabo à margem da lei, a Autoridade Tributária já abriu uma auditoria para apurar os factos, diz a mesma publicação, citando fonte do Ministério das Finanças.

A equipa terá sido criada pelo antigo diretor de Finanças do Porto, mas, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI), a existência era, até agora, desconhecida.

“Tendo a atução desta equipa sido objeto de preocupação transmitida por uma organização sindical à AT, essas considerações justificaram que se determinasse uma averiguação, que se materializa numa auditoria que decorre”, revelou a mesma fonte.

Comentários

Acerca do autor

Redação

Redação