Vila Verde

Coucieiro. Segundo contrato para relvar campo de jogos

Partilhe esta notícia!

A Junta de Freguesia de Coucieiro celebrou, pela segunda vez em quatro anos, um contrato para requalificar e “arrelvar” o sintético do Campo de Jogos de Coucieiro, sendo o mesmo aprovado em reunião de Câmara na passada sexta-feira, dia 14 de junho. Este último contrato fica em cerca de 14 mil euros mais barato aos cofres da autarquia, comparando com o celebrado anteriormente para o mesmo efeito.

O contrato celebrado em maio deste ano com a firma Assertivo & Dinâmico, Lda, no valor de 28.277,00€, prevê a total requalificação do campo de jogos, incluindo o arrelvamento do piso sintético. Esta é uma obra há muito ansiada por aquela junta de freguesia, como comprova, aliás, um contrato celebrado pelo anterior executivo daquela junta, com outra empresa, que nunca chegou a ser cumprido.

Em janeiro de 2015, o anterior executivo, liderado por José Pimentel (PSD), celebrou um contrato para o mesmo efeito, com a empresa Artur Ramos & Filhos, por um valor muito superior ao agora levado a cabo pelo executivo liderado por Luís Ferreira (PSD). Na altura, o contrato para os mesmos encargos foi celebrado entre junta e a firma de Moure pelo valor de 42.293,00€.

Sobre o antigo contrato nunca ter sido levado avante, fonte da firma Artur Ramos & Filhos indicou ao Semanário V que não existiu financiamento suficiente para iniciar a empreitada, apesar de a autarquia, em 2015, concluir que teria fundos para executar a obra. Explicou a fonte que a junta estava à espera de um financiamento a 100% por parte da Câmara de Vila Verde, mas o mesmo não chegou a acontecer.

Contudo, passados quatro anos, a junta, com novo executivo, quer mesmo levar a avante a requalificação, e submeteu um protocolo de colaboração com a Câmara de Vila Verde para financiamento total da empreitada, pedido esse que foi aprovado na passada sexta-feira de forma unânime entre vereadores do PSD e do PS. O mote de aprovação passa pelo incentivo “à prática desportiva da população local”. O montante a financiar será de 28.277,00€, menos 14.106,00€ do que o acordado entre Junta de Coucieiro e a empresa Artur Ramos & Filhos, em 2015. Recorde-se que esta última firma tem a participação do atual presidente da Junta de Turiz em funções de gestão.

Comentários

topo