Opinião

Opinião de Rui Pinheiro: “Carpe Diem”

Rui Pinheiro
Escrito por Rui Pinheiro

Carpe Diem
Aproveita o dia.
Não deixes que termine sem teres crescido um pouco.
Sem teres sido feliz, sem teres alimentado teus sonhos.

Esta é a forma como inicia o poema ‘Carpe Diem’ de Walt Whitman. Este poema fantástico não é só um dos meus poemas preferidos, é um hino à vida.
A expressão ‘Carpe Diem’, que surgiu na antiguidade com o filósofo Horácio e que na altura tinha um significado diferente, foi ganhando ao longo do tempo um sentido singular. Hoje significa algo como ‘aproveita o dia’ (vive o presente ao máximo), porque afinal a vida é curta demais para ser desperdiçada.
‘Nada vale mais do que o dia de hoje, porque tu não podes viver o de ontem e o amanhã ainda não está ao teu alcance’. Esta frase, tornada célebre pelo filósofo alemão Goethe chama a atenção para a importância vivermos o hoje intensamente e com paixão. Porque o amanhã é imprevisível, Ralph Waldo Emerson referiu que se ‘passarmos a vida a preparar-nos para viver, acabamos por nunca viver’.
Life was like a box of chocolates, you never know what you ‘re gonna get (‘a vida é como uma caixa de chocolates, nunca sabes aquilo que vais conseguir’), disse Tom Hanks no filme Forrest Gump. Imagina esta cena como pano de fundo ao conselho que te deixo: arrisca, viaja, ama, agradece e sobretudo vive!
Já começaste a viver?

Comentários

Acerca do autor

Rui Pinheiro

Rui Pinheiro

Blogger “O empreendedor bracarense”